quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Orquestra Candido Mendes em apresentação gratuita no Teatro Municipal de Niterói




DIA 2 DE OUTUBRO, SÁBADO, ÀS 20 HORAS


A Orquestra Candido Mendes se apresenta no dia 2 de outubro, sábado, no Teatro Municipal de Niterói, em comemoração ao seu aniversário de três anos. O evento tem entrada franca, com início às 20 horas, e promete uma noite memorável com obras dos grandes nomes da música clássica, entre eles Mozart, Beethoven e Offenbach. Como regente titular, estará o maestro Francisco Fernandes Filho, diretor da Escola Superior de Música da Universidade Candido Mendes, com sede no município serrano de Nova Friburgo.

O programa inclui 12 peças, envolvendo músicos e cantores da Orquestra Candido Mendes e da Camerata UCAM. O público poderá apreciar, entre outras, a Marcha do Triunfo, Can-Can, Tango Brasileiro, Tema da 9ª Sinfonia. Será a segunda apresentação da Orquestra Candido Mendes no Teatro Municipal de Niterói; anteriormente, realizou concerto, em janeiro deste ano, na solenidade de posse da nova diretoria da OAB. O regente assistente é o maestro Marcos Botelho.

Hoje, a Orquestra Candido Mendes conta com mais de 70 componentes, dezenas de instrumentos e pelo menos 60 peças já exaustivamente ensaiadas e apresentadas para diferentes públicos, em espetáculos variados, palcos oficiais (teatros e casas de espetáculos) ou improvisados (igrejas, áreas ao ar livre), inúmeras cidades, numa jornada de extraordinária beleza e encanto, que guarda uma só emoção na platéia. E o principal maestro de toda esta história, o idealizador da Escola Superior de Música e da Orquestra, é o pró-reitor de Coordenação e Expansão da UCAM, professor Alexandre Gazé, também responsável pela implantação do campus Niterói.

Já consagrada junto à população de Nova Friburgo, a orquestra vem se apresentando em vários municípios do Estado do Rio de Janeiro. E a Escola Superior de Música, criada em 2002, também é motivo de orgulho da Candido Mendes, única instituição privada de todo o Estado do Rio de Janeiro a oferecer o curso de Licenciatura em Música, com o conceito máximo do Ministério da Educação. Suas oficinas de música lotam as salas de aula, com alunos de todas as idades, com os mais variados perfis sócio-econômicos, numa prova de que a cultura se sobrepõe às diferenças e propicia a interação. Hoje, são mais de 400 aprendizes.

O início

Quando imaginou oferecer o ensino de Música na Região Serrana, o professor Alexandre Gazé sabia o que estava fazendo. Alheio à enxurrada de críticas, e determinado como poucos, fez questão de, em sua rotina diária, dedicar alguns momentos para que todos percebessem a importância da valorização da Música como instrumento fundamental na formação educacional e cultural da criança. “A música é a língua internacional dos povos, importante instrumento social, capaz de fazer renascer conceitos básicos de cidadania em nossas crianças. Com ela, os alunos irão aprender e respeitar os valores culturais. A música é fundamental para a educação, que é um processo de transformação do indivíduo”, sustentava, em todas as oportunidades que se abriam para defender seu projeto.

Foi um vencedor. Personalidades nacionais estiveram na Casa de Música, nos últimos dois anos, a fim de conhecer as oficinas que devolveram o prazer e a alegria a dezenas de crianças, jovens e adultos; e, evidentemente, a tão querida orquestra. Entre eles, destacam-se o maestro Wagner Tiso e o senador Cristóvão Buarque. Hoje, os alunos e recém-formados da Escola Superior de Música da Universidade Candido Mendes se sobressaem no mercado, estão sempre entre os primeiros colocados nos concursos públicos e exibem com orgulho todo o saber e conhecimento adquiridos em quatro anos de vida acadêmica que, na verdade, transformou a todos em profissionais dedicados e competentes.


Um comentário:

Ana Loureiro disse...

Olá! Fotografei minha nova coleção, mas infelizmente os ipes amarelos estavam pelados no dia das fotos e nao consegui usar as arvores... Mas mesmo assim, se puder dar uma conferida:

www.delaanita.blogspot.com

Beijos