quinta-feira, 11 de novembro de 2010

A Candido Mendes pensa no futuro do planeta

Casa Verde do IACAM

Em 2010, no ano internacional do voluntariado, os meios de comunicação começaram a divulgar a importância da responsabilidade social dentro das empresas. A partir daí, as instituições iniciaram ações sociais, e em parceria com a comunidade elas começaram a pensar no meio ambiente. A responsabilidade social já faz parte do dia a dia de grande parte das organizações brasileiras.

Poucas empresas estão de fora desta preocupação com ações sociais e ambientais, por acharem que é apenas modismo ou marketing. Basta lembrar que não é apenas uma questão de “estar na moda” no ramo empresarial, e sim o que entra em questão é a manutenção de uma boa imagem institucional e, consequentemente, o futuro do nosso planeta. Esses projetos são elaborados para atrair clientes exigentes, e as empresas que ficam de fora perdem uma grande oportunidade de mercado com o seu público alvo. Quem não atender as suas necessidades, sobre o ecossistema, corre o risco de ficar à margem e perder sua fidelidade. Mas não é só isso, especialistas afirmam que essa responsabilidade social, desenvolvimento e incentivo trazem em conseqüência para seu próprio crescimento com sabedoria.

A Universidade Candido Mendes (UCAM) não fica para trás, pois investe em diversos projetos ligados a formação de cidadãos conscientes e críticos com capacidade de conduzir suas vidas com discernimento, ética e respeito principalmente pelo meio em que fazemos parte. Devemos destacar que a UCAM é a primeira universidade filantrópica do Brasil. “A Universidade Candido Mendes não é apenas tradição, mas também criatividade e inovação”, disse o professor Candido Mendes de Almeida, Reitor da UCAM.

O termo filantropia é definido pelo dicionário como amor à humanidade, humanitarismo, caridade, que infelizmente ainda está distante da realidade de algumas instituições. No dia 10 de novembro foi inaugurado o Instituto Ambiental Candido Mendes (IACAM) no Campus Araruama. O IACAM promove ações voltadas para integrar o ser humano com o meio ambiente.

Casa Verde:

O projeto “Casa Verde” do IACAM é apolítico e oferece visões de sustentabilidade em parcerias com escolas, governos e iniciativas privadas.

Ao redor da “Casa Verde” estão grandes projetos de exemplo de preocupação com o meio ambiente como: mandala agrícola, composteira, Caminho sensitivo, “minhocário”, galinheiro, pomar, horta com utilização de energia solar. Nas listas de trabalhos desenvolvidos pelo IACAM estão os Cursos Livres de “Pintura Livre”, “Pequeno Jardineiro e Pequeno Criador”, Artesanatos com Garrafas Pet”, “Aquecedor Solar de Baixo Custo”, Alimentação e Nutrição” e “Bioarquitetura” com investimentos acessíveis para agregar novos conceitos diante do comportamento da população de Araruama.

Nenhum comentário: